Você precisa aprender como sair da compulsão alimentar, porque além de causar sérios problemas a sua saúde, também pode prejudicar a sua autoestoma.

Somente para reforçar, a compulsão alimentar é um transtorno alimentar caracterizado por episódios recorrentes de ingestão excessiva de alimentos em um curto período de tempo, acompanhados de uma sensação de perda de controle durante esses episódios.

Durante os episódios de compulsão alimentar, a pessoa consome grandes quantidades de comida, mesmo quando não está com fome física e até mesmo quando se sente desconfortavelmente cheia.

A compulsão alimentar geralmente está associada a sentimentos de culpa, vergonha e frustração após os episódios.

Pessoas que sofrem com esse problema podem comer rapidamente, esconder alimentos, comer em segredo e sentir uma incapacidade de parar de comer, mesmo quando estão fisicamente desconfortáveis.

A compulsão alimentar é diferente da fome emocional, que é quando uma pessoa come para lidar com emoções negativas, como estresse, tédio ou tristeza.

Na compulsão, o comportamento alimentar é impulsivo e fora de controle, e a pessoa pode sentir uma falta de satisfação ou prazer real durante os episódios.

(Bárbara Moreira) Escola de Autoconhecimento

Para ajudar você, separei uma aula completa, apresentada pela professora Bárbara Moreira.

A Bárbara é a Fundadora do Espaço DesprogrAME-SE, onde você vai encontrar uma grande variedade de cursos, que certamente vão ajudar muito no seu desenvolvimento pessoal e profissional.

Entre eles, podemos destacar o Curso DesprogrAME-se, um treinamento que foi criado especialmente para você que busca uma forma de se libertar de todas as suas crenças limitantes.

Clique Aqui Para Conhecer o Curso DesprogrAME-se.

Agora que você percebeu a importância de saber como melhorar a autoestima é importante saber o que pode ser feito para acelerar esse processo todo.

(Consequências) Compulsão Alimentar

A compulsão alimentar pode ter vários malefícios para a saúde física e emocional de uma pessoa podendo causar uma série de malefícios, como…

  • Ganho de peso.
  • Desequilíbrio nutricional.
  • Problemas digestivos.
  • Baixa autoestima.
  • Isolamento social.
  • Prejuízo na qualidade de vida.
  • Entre outros.

É importante buscar ajuda profissional se você estiver lutando contra esse problema, pois um profissional de saúde poderá ajudá-la a desenvolver estratégias para superar esse problema e melhorar sua saúde geral.

Como Sair da Compulsão Alimentar

como-sair-da-compulsao-alimentar

Para ajudar, eu separei uma pequena lista com algumas ideias de como sair da compulsão alimentar que você poderá seguir ainda hoje…

Identifique os gatilhos

Tente identificar quais são os fatores emocionais, sociais ou ambientais que desencadeiam a compulsão alimentar, que pode ser estresse, tédio, ansiedade, solidão, entre outros.

Ao reconhecer esses gatilhos, você pode encontrar alternativas saudáveis para lidar com eles.

Procure apoio profissional

Considere a busca de ajuda de um profissional de saúde mental, como um psicólogo ou terapeuta, que possa ajudá-lo a entender as causas subjacentes da compulsão alimentar e fornecer estratégias específicas para superá-la.

Estabeleça uma rotina alimentar regular

Tente estabelecer horários regulares para as refeições e lanches, evitando pular refeições ou ficar muito tempo sem comer.

Isso pode ajudar a manter os níveis de açúcar no sangue estáveis e reduzir os desejos por comida.

Pratique técnicas de relaxamento

Encontre maneiras saudáveis de lidar com o estresse, como meditação, ioga, exercícios de respiração ou qualquer outra atividade que ajude a acalmar a mente e o corpo.

Faça escolhas alimentares saudáveis

Opte por alimentos nutritivos e equilibrados em suas refeições, como frutas, legumes, grãos integrais e proteínas magras.

Evite alimentos altamente processados, ricos em açúcares e gorduras saturadas, que podem aumentar os desejos por comida.

Envolva-se em atividades prazerosas

Encontre outras formas de prazer além da comida.

Pratique hobbies, faça exercícios físicos, encontre amigos, leia um livro ou assista um filme.

O importante é manter a mente e o corpo ocupados com atividades positivas, porque isso pode ajudar a reduzir a compulsão alimentar.

Evite restrições extremas

Evite dietas muito restritivas, pois elas podem levar a episódios de compulsão alimentar.

Em vez disso, mantenha o foco em uma alimentação equilibrada e saudável a longo prazo.

Lembre-se que superar a compulsão alimentar pode levar tempo e esforço e não hesite em buscar ajuda profissional.

(Conclusão) Como Sair da Compulsão Alimentar

Como você pode ver é extremamente importante aprender, como sair da compulsão alimentar.

Portanto, muitas vezes poderá ser necessário buscar ajuda profissional se você estiver enfrentando esse problema na sua vida, pois existem estratégias de tratamento eficazes disponíveis para ajudar a superar esse transtorno.

Lembre-se que a melhor forma de vencer uma situação é por meio da causa raiz do problema.

Além disso, a autoestima também precisa estar em dia e pode ser definida como a percepção, imagem e opinião que uma pessoa tem sobre ela mesma.

Portanto, valorize a a sua imagem e se ame como você é.

Acredite em si mesma, reconhecendo as suas habilidades e competências que acumulou ao longo da vida.

Procure entender os motivos dos seus sentimentos e reconheça o aquilo que te move, sempre buscando o equilíbrio emocional.

Infelizmente muitas pessoas desacreditam, mas o pensamento positivo é extremamente poderoso.

A verdade é que muitas doenças podem surgir como consequências de pensamentos negativos.

Da mesma forma, pensar positivamente afasta problemas e garante que o corpo trabalhe adequadamente.

Sendo assim, também é muito importante se libertar das crenças limitantes.

Clique Aqui Para Conhecer o Curso DesprogrAME-se.

Espero que você tenha gostado desse conteúdo… se gostou do que leu e acredita que pode ser útil a outras pessoas, compartilhe com seus colegas e amigos.

Loading

0 Comentários

Deixe uma resposta

Descubra mais sobre Tarot Magia

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue lendo