Ninguém me ajuda, o mundo é injusto, porque eu ajudo todo mundo, mas, quando eu preciso, não posso contar com ninguém.

Tenho que parar de ter pena e me sacrificar pelos outros, porque depois ninguém vai fazer o mesmo por mim.

Quando a gente precisa, ninguém ajuda, é sempre assim.

Mas será que isso é verdade?

A verdade é que você é responsável pelo que faz e como se sente com relação a isso.

Quanto ao outro, você não tem nenhum controle com relação a ele, é fato, e está tudo bem (ou pelo menos deveria estar tudo bem).

A solidariedade é um tema bastante comum, especialmente aqui no Brasil.

Mas o que acontece, afinal, com uma pessoa no seu corpo físico, mental, emocional, até espiritual e energético?

O que acontece quando a gente encontra uma pessoa em situação de necessidade e sente aquele ímpeto em ajudar?

Significa um despertar de nós mesmos… um impulso vital… fora do comum…

(Salvadorista) Ninguém Me Ajuda | O Mundo é Injusto

Se você não tem energia para viver a sua própria vida devido a frustrações e cansaços… você encara a sua vida como uma luta… e quando vem o outro, você se distrai de si mesmo…

Provavelmente você é um salvadorista… ou seja, uma pessoa que se sente inferior.

A pessoa que acredita que deve a vida, que os outros são mais bonitos, que os outros tem uma vida melhor, são mais inteligentes ou conseguem as coisas com mais facilidade…

A verdade é que cada pessoa trabalha com a vida de forma diferente.

Ou seja, não tem como saber os problemas de cada pessoa e como ela enfrenta cada situação.

Gostou e quer saber mais?

Para ajudar você, separei uma aula completa, apresentada pela professora Bárbara Moreira.

A Bárbara Moreira é a fundadora do Espaço DesprogrAME-SE, onde você vai encontrar uma grande variedade de cursos, que certamente vão mudar a sua vida.

Considerações Finais

ninguem-me-ajuda-o-mundo-e-injusto

É necessário que você reflita com relação a alguns pontos da sua vida.

Ter pena de si mesmo é uma tentação.

Se aceitar como vítima, despercebido, rejeitado e dizer que o mundo é injusto e que a sua vida é difícil, infelizmente, não vai ajudar em nada.

A sua melhor chance de superar isso é entendendo que vivemos em uma batalha constante.

Uma verdadeira sucessão de guerras, e a principal delas é contra os sentimentos.

Ou seja, a sua guerra começa com você vencendo os seus próprios sentimentos.

Se não, você vai ser uma pessoa azeda ou amarga o tempo todo e o mundo sempre vai ser um fardo a ponto de fazer você não gostar da sua própria vida.

A guerra está dentro de nós.

A guerra contra a raiva, as mágoas, a preguiça, a ansiedade, etc.

Sendo assim, para vencer as suas outras guerras, primeiramente você terá que vencer a primeira e principal, que é o domínio dos seus próprios sentimentos.

Espero que você tenha gostado desse conteúdo… se gostou do que leu e acredita que pode ser útil a outras pessoas, compartilhe com seus colegas e amigos.

Loading

0 Comentários

Deixe uma resposta

Descubra mais sobre Tarot Magia

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue lendo